2/3 História do Município :: Antônio Cardoso

Anúncios relacionados a bermuda masculina

Compre sua Bermudas Masculinas
Ache ótimas Bermudas Masculinas
Compare e ache o menor preço de Bermuda Masculina

 

Antonio Cardoso

tendo o nome mudado por imposição do Poder Estadual para ?Uberlândia? pelo Decreto Estadual nº 11.089, de 30/11/1938, de autoria do Interventor Federal na Bahia Landulpho Alves, que modificava as denominações de várias comunidades do Estado. Sem consultar seus habitantes nem apresentar explicações convincentes para justificar a mudança. Algumas depois resgataram seu nome histórico que identifica a unidade territorial e respectiva cultura da população. Nenhum representante do distrito de Umburanas na época deu importância. A identidade do atual território de Antonio Cardoso acabou prejudicada por esse decreto, com a perda do seu nome original, descaracterizando a memória coletiva do lugar que já encontrava abalada. Seu efeito desastroso causou a dispersão daqueles moradores que vinham resistindo a arbitrariedade histórica causada pelo deslocamento da imagem do Santo Estevão do local. Provocando a divisão da população entre a comunidade do Santo Estevão (VELHO) e Nossa Senhora do Resgate (UMBURANAS). Nem uma, nem a outra desenvolve deixando o município paralisado. Até hoje o território continua com a posse sobre a Padroeira Nossa Senhora do Resgate, mas perdeu a patente do seu nome acompanhante que identificava às suas tradições culturais. A santa que simboliza a unidade da cultura popular e administrativa, embora, não aceita pelos devotos de Santo Estevão tornou uma embalagem sem conteúdo no lugar ou uma luz sem brilho. Posterior a denominação do distrito mudou para ?Tinguatiba? pelo Decreto Lei Estadual nº 141, de 31/12/1943, retificado pelo Decreto estadual nº 12.978, de 01/06/1944, e mudado para ?Antonio Cardoso? com a criação do Município pelo projeto de Lei Estadual nº 1.794/61, de autoria do Deputado Estadual Gastão Pedreira para assegurar seus cabos eleitorais que eram alguns membros da família do homenageado. Foi transformado na Lei Estadual nº 1.682, de 18/04/1962, sancionada pelo governador da Bahia Juracy Magalhães, sendo instalado (emancipado de São Gonçalo dos Campos) em 14/04/1963. Tornando a história pública da região numa propriedade privada de uma única família coronelista e latifundiária. Esse Coronel controlava uma poderosa milícia de Jagunços...

O primeiro Prefeito foi Antonio Cardoso de Souza (neto) - Tonhe Cardoso, pelo PSD e o primeiro Presidente da Câmara Municipal de Vereadores foi Antonio Carlos de Brito (Tonhe Carro). Os limites territórios nesse período eram: ao sul Muritiba; ao norte Feira de Santana; ao leste São Gonçalo dos Campos e Conceição de Feira; ao oeste Santo Estêvão e Ipecaetá. Mas a cidade não foi habitada pelos seus governantes e os funcionários públicos municipais que permaneceram morando, pagando impostos (IPTU, CIP, ISS, ITBI, IPVA, etc.) e fazendo suas compras em outras cidades. Continuou a mesma forma pacata do período de distrito, os moradores migrando em busca de oportunidades para sobreviverem. Enquanto a comunidade de Santo Estevão Velho com sua identidade cultural antiga enfrentava o processo de consolidação urbana. Na atualidade a indefinição entre esses dois principais núcleos urbanos um de formação histórica antiga, outro com seu povoamento recente tem escorraçado a população para outras cidades. Segundo dados do Tribunal Regional Eleitoral em 2008, dos 13 colégios eleitorais do município totalizando 8.859 eleitores, apenas, 3 localizava da Cidade para baixo, com 2.591 votos, 29,25% do eleitorado e 10 colégios do Santo Estevão Velho para cima possuía 6.268 votos, 70,75% do eleitorado. Conforme informações do IBGE, a Sede só tinha 1.236 habitantes, equivalente a 10,23% da população total 12.074. Vale ressaltar que sua renda per capita baixa, por isso, não consegue aquecer o mercado interno para cobrir a renda que foge dos funcionários e dos governantes locais (Prefeito, Vice Prefeito, Chefe de Gabinete, Procurador Jurídico do Município, Tesoureiro, Vereadores, Secretários, Diretores, demais cargos de confiança, Presidentes de Sindicatos e Partidos Políticos)...

« Voltar | Avançar »

participe no orkut
participe do Facebook
Siga-me no Twitter

Fotos :: Recentes

Mirante da Ilha, o sabor da muqueca Pç. Bule-Bule festa, encontro e lazer A historia começa em torno da devoção Banho e lazer é no rio Paraguaçu Poço distrito tradição do samba de roda Ilha de Antonio Cardoso

Visitantes :: On-line

 

Twitter :: Orkut :: Youtube :: Facebook

Blogger | Antonio Cardoso Bahia Flickr | Fotos Antonio Cardoso Twitter | acbahia | Siga-me
Participe conosco no orkut Antonio Cardoso | YouTube Antonio Cardoso | Mural de recados

Comunidades

 

Galeria de Fotos

Praça Bule-Bule Igreja, Praça Matriz Igreja, Praça Poço Rio Paraguaçu Passeio de Carroça Rio Paraguaçu

 

Eventos

Este site exibe seu conteúdo de forma pública onde possui propaganda, vídeos e noticias por meio de terceiros, os mesmos podem utilizar cookies e/ou web beacons quando um usuário tem acesso às páginas. Os cookies que podem ser utilizados associam-se (se for o caso) unicamente com o navegador de um determinado computador.

 

Sobre

Todas informações vinculadas em nosso site são referente ao município de Antônio Cardoso no estado da Bahia, as mesmas informações não são ligadas ao o uso pessoal ou orgãos públicos por serem fornecidas de forma espontânea e pública através do povo do município.